by Sinserly Soprano

Sandra Bland já estava morta em sua mugshot (a foto de entrada na delegacia). Quando tiram sua foto na delegacia, dizem para você não inclinar a cabeça, encostando-a na parade. Há uma sombra clara, onde a cabeça toca o fundo, muito provavelmente no chão. Sua cela tinha paredes laranjas e pisos cinzentos. Sua cabeça está em um fundo cinzento.

Você pode ver claramente o piso cinza na primeira foto e no canto direito na segunda foto. Seu cabelo está caindo em direção ao fundo. A gravidade está puxando seu cabelo para baixo, porque ela está no chão. É impossível manter o seu ombro reto pro que ela não está de pé. É provável que  estava no chão com o braço direito estendido quando esta foto foi tirada. Quando tiram uma foto sua, é dito para você olhar diretamente para a câmera. Seus olhos estão sem vida e sem foco.

O departamento de polícia afirma que ela se enforcou partir de uma plataforma de 5 pés (+- um metro e meio) quando Sandra mede cerca de 6 pés de altura (+-1,80m) . A foto de sua cela tem uma lata de lixo nele. Latas de lixo não são permitidos em celas de prisão, porque não podem ser aparafusadas ao chão. A polícia alega que a cena não foi adulterado antes da foto, mas o saco de lixo que eles afirmam que ela se enforcou com foi substituído por um novo. Sandra disse à sua irmã no telefone que ela pensou que seu ombro estava quebrado.

Alguém com um ombro quebrado não pode levantar seu braço alta o suficiente para pendurar eles mesmos. As filmagens de sua prisão são claramente editadas, com carros que aparecem e desaparecem no meio da estrada. Os policiais sabiam que eles estavam errados ao prendê-la. Eles sabiam que ela os levaria para o tribunal. Ela era uma ativista forte de espírito. Ela não mudaria de uma lutadora para  suicida em questão de dias.

A porra da polícia a assassinou e as suas tentativas patéticas em esconder isso não estão enganando ninguém.