Universo Preto Paralelo é o nome do primeiro trabalho de Bá Kimbuta. Um álbum com uma sonoridade incrível. Jazz, dub, samba, hip-hop, funk, afrobeat, entre outros sons, se fundem a voz marcante de Ba Kimbuta, servindo de pano de fundo para poesias fortes, que se aproximam do impacto de um soco no estômago. Racismo, machismo e luta de classes são temas recorrentes que, com o peso do som, deixam um nó na garganta de quem acredita de que não há mais espaço para a luta no Hip-Hop. Nas palavras do próprio Ba Kimbuta, é paralelo porque “a dimensão aqui é diferente.. é paralelo porque esconderam de nós a força do candomblé, a mandinga da capoeira, o gingado do samba. Só sobrou álcool e bebedeira. Esconderam de nós a contribuição que a África deu ao mundo antes dos Gregos no campo da filosofia, na matemática, na medicina…”

Confere aí:

 

botao-kilombagem-down