Nota de Agradecimento Ao apoio do Conselho Regional de Psicologia de SP (CRP – SP)

Todas as vezes em que um homem fizer triunfar a dignidade do espírito, todas as vezes em que um homem disser não a qualquer tentativa de opressão do seu semelhante, sinto me solidário com seu ato.

Frantz Fanon (1925-1961)

O Kilombagem vem através dessa nota expressar publicamente o nosso agradecimento ao apoio do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo – CRP – SP, por viabilizar a nossa participação no I Encontro Internacional de Formação e Organização Pan-africanista e na III Marcha Internacional Contra o Genocídio do Povo Negro, realizado entre os dias 22 à 24 de agosto de 2015, na cidade de Salvador, BA.
Agradecemos por acreditar em nossa luta, sendo esta uma categoria realmente comprometida em compreender a necessidade de barrarmos o genocídio do povo negro em SP e demonstrou apoio concreto ao viabilizar nossa participação nesse encontro Panafricanista. Que sirva de inspiração pra demais categorias profissionais afim de não reproduzirem o racismo institucionalizado e ao mesmo tempo, apoiar a luta negra, das mais variadas formas, em nome da emancipação do povo negro brasileiro.

 

Delegação de SP beneficiada com o apoio: Katiara e Rafaela – representantes da organização Kilombagem e Thaís Rosa – Representante da organização Posse Haussa.

Agradecimento póstumo à Jonathas Salathiel (CRP SP), que estará sempre presente em nossa luta!

Contra o Genocídio do Povo Negro! Nenhum Passo Atrás!

Link do Caderno de Subsídios Técnicos e Teóricos de Enfrentamento ao Genocídio do Povo Negro para Psicólogos:

http://www.crpsp.org.br/portal/comunicacao/cadernos_tematicos/14/frames/fr_indice.aspx

11143320_10152866510677077_5555459787765081981_n

SHARE
Previous article“A FANTÁSTICA FÁBRICA DE CADÁVERES” (PRETOS e POBRES)
Next articleA fúria negra ressucita outra vez! (Parte III)
Atua na coordenadoria da igualdade racial da prefeitura de Mauá, Graduada em Serviço Social pela Faculdade Mauá- FAMA. É integrante do grupo Kilombagem desde 2007. Realiza ações de combate ao racismo e machismo além de prestar consultoria à partir da temática de Gênero e é mc, já foi integrante da Banda Amandla e fundadora do Coletivo de Mulheres Mcs (Coletivo Mahins) e participações com Ba kimbuta, no álbum UPP. Atualmente integra o grupo de rap Clã dos Incardidus. Conhecida como Katiara ou Iara, é moradora da cidade de Mauá e é militante do movimento negro e hip hop desde 2006.