Home Pensadores

Pensadores

Pensadores que são referencias, necessários e fundamental a leitura de suas obras.

VICH, FODEU! A ESQUERDA ESTÁ EM CRISE!!! Mas a foda ainda é o melhor...

VICH, FUDEU! A ESQUERDA ESTÁ EM CRISE!!! Mas a foda ainda é o melhor maneira de alcançar o orgasmo. Slavoj Zizec, a Ideologia e a passividade autêntica.

ENQUANTO HOUVER A VIDA… BUIA KALUNGA!!!

BUIA KALUNGA - ENQUANTO (REAL RAGGAMUFFIN RIDDIM) - STÚDIO EKORD 2016 Depois do clipe “A Cena” com participação de Ba Kimbuta, lançado no final de 2015, Buia Kalunga, militante do grupo Kilombagem integrante da banda...

Resenha do livro What Fanon said, de Lewis Gordon

Resenha do livro "What Fanon said" de Lewis Gordon. O livro é uma abordagem filosófica sobre a vida e obra de Fanon

Memórias de Azânia! (África do Sul e Namíbia)

Eu realmente gostaria de ter escrito muitos textos quando estava em Azânia, mas infelizmente nem sempre as coisas são como planejamos, lá eu não tinha tempo de parar e escrever, e como estava com...

Claudia Jones: Desconhecida Pan-Africanista, Feminista e Comunista

Traduzido por Rafaela Araujo Santana – Grupo Kilombagem Por Ajamu Nangwaya Jones utilizou o espaço organizacional do Partido Comunista para avançar na causa do antirracismo, na paz mundial, na descolonização e na luta de classes. Claudia Jones...

Phil Anselmo: O ícone do Metal e a Alienação Coletiva

Texto de William Mumu Silva sobre o racismo e os silêncios no universo do Metal "“White Power”! Bradou orgulhoso e de peito estufado enquanto fazia a saudação nazista, um dos ícones do metal mundial, o ex-vocalista do Pantera, Phil Anselmo. Sua atitude racista talvez se transforme em mais um “arrependido” pedido de desculpas feitos por um descontrolado beberrão que os headbangers[1] tanto adoram". Veja o texto completo...

O racismo mascarado: Reflexões sobre o complexo penitenciário industrial

Artigo de Angela Davis: O racismo mascarado: Reflexões sobre o complexo penitenciário industrial. Qual é o complexo penitenciário industrial? Por que isso Importa? Angela Y. Davis diz-nos. (De Seção Especial: Complexo Prisional Industrial)

CURSO NEGRO: MOVIMENTOS DE LIBERTAÇÃO NA ÁFRICA

De segunda-feira a sexta-feira  (18 a 22 de janeiro de 2016) Horário: 19h30 às 22h00 Coordenação e organização: Danilo Ramos – Curador do Espaço Cultural Dona Leonor (CCDL) e Deivison Nkosi (Grupo Kilombagem). O curso...

Como Thomas Sankara mudou Burkina Faso

Como Thomas Sankara mudou Burkina Faso...

Da favela pra academia! Aqui é Ubuntu, não é meritocracia!

"É necessário sempre acreditar que o sonho é possível Que o céu é o limite e você, truta, é imbatível" (A vida é um desafio - Racionais Mc's)   Essa e outras letras traduzem bem a luta desse...

Saber tradicional das parteiras e o movimento brasileiro pelo parto humanizado

  Abaixo indico dois importantes videos sobre parteiras e parto. Um está no youtube há mais de 5 anos e tem 7 curtidas, o outro está no site há poucos meses e não tem sequer...

“A FANTÁSTICA FÁBRICA DE CADÁVERES” (PRETOS e POBRES)

O titulo do CD do Rapper Eduardo "A fantástica fábrica de Cadáveres" nos apresenta um enredo recorrente: Em uma periferia qualquer de uma grande cidade, um policial é assassinado (no caso, em um ato...

ASSATA SHAKUR – “Para meu povo”

Irmãos Negros[1]e irmãs Negras[2], eu[3]quero que vocês saibam que eu amo vocês e eu espero que em algum lugar nos seus corações vocês tenham amor por mim. Meu nome é Assata Shakur (nome de escrava Joanne Chesimard[4]), e eu sou uma revolucionária. Uma revolucionária Negra.

Palestras sobre Libertação (Lectures on Liberation)

O texto aqui apresentado é de autoria da professora Angela Davis. É sua palestra inicial para o curso Os Temas Filosóficos Recorrentes na Literatura Negra, seu primeiro curso na UCLA, durante o outono de 1969,

A importância de celebrar o Dia 25 de julho

Por que celebrar o Dia 25 de julho,"Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra"?

Imagens do Curso Fanon: Vida e Obra

Imagens do curso sobre Fanon

Imagens do Curso Fanon: Vida e Obra

Imagens do curso sobre Fanon

NONAGÉSIMO ANIVERSÁRIO DE FANON

Nonagésimo aniversário de Fanon Neste dia 25 de julho de 2015, Frantz Omar Fanon completaria 90 anos de idade. Até hoje, sua obra é tomada por vertentes teóricas diversas como referencial privilegiado para pensar e...

Nonagésimo aniversário de Fanon – A ATUALIDADE DE FANON

Este é o último post dessa série especial sobre Fanon. Se estivesse vivo, Fanon completaria 90 anos amanhã (20 de julho de 2015). Para homenageá-lo, apresentamos dois textos que comentam a sua produção intelectual.

Nonagésimo aniversário de Fanon – MASCULINIDADES NEGRAS

NONAGÉSIMO ANIVERSÁRIO DE FANON O post de hoje apresenta três artigos que retomam as reflexões de Fanon para refletir e problematizar os dilemas relacionados ao racismo e a masculinidade negra. O primeiro, intitulado  O pênis sem...

Nonagésimo aniversário de Fanon – INTERROGANDO A IDENTIDADE NACIONAL

A postagem de hoje se apoia em Fanon para questionar a “identidade nacional” (brasileira) como espaço homogêneo ou harmônico.

Nonagésimo aniversário de Fanon – A NEGRITUDE RADICAL

Os textos de hoje problematizam as relações entre Fanon e o Movimento de Negritude. Nas reflexões, são apresentadas uma série de aspectos que indicariam proximidades e rupturas do autor com essa perspectiva de luta e com o nacionalismo. Assim, classificam classificando-no como expressão de uma "negritude radical'.

Nonagésimo aniversário de Fanon – O ANTICOLONIALISMO REVOLUCIONÁRIO

O Post de hoje, apresenta três trabalhos que identificam em Fanon os subsídios para pensar a luta anti-colonial em uma perspectiva revolucionária. O primeiro e o segundo resgatam o contexto histórico e político que Fanon estava inserido,

Nonagésimo aniversário de Fanon – DESCOLONIZAÇÃO DO CONHECIMENTO

CURSO KILOMBAGEM – FANON VIDA E OBRA - O Post de hoje, reúne os autores que identificam em Fanon os subsídios para presença do colonialismo na produção de conhecimento e, sobretudo, como empreender saberes descolonizados.

Nonagésimo aniversário de Fanon – Racismo e sofrimento psíquico

O Post de hoje, reúne os autores que identificam em Fanon os subsídios para a consolidação de uma psicologia das relações raciais.

Nonagésimo aniversário de Fanon – O NEGRO/AFRICANO E A PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO

Os textos de hoje não são de Fanon, mas sim, reflexões construídas a partir de seu pensamento. O Assunto escolhido é o Negro/Africano e a produção de conhecimento.

Nonagésimo aniversário de Fanon – OS CONDENADOS DA TERRA

O Texto de hoje é o famoso Os Condenados da Terra, escrito por Fanon em 1961. O livro, cercado de curiosidades e polêmicos é comentado por diversos pensadores em todo o mundo.

Nonagésimo aniversário de Fanon – A REVOLUÇÃO ARGELINA

O texto de hoje é Ano Cinco da Revolução Argelina (Sociologie d’une revolution: L’ an V de La Révolution Algérienne). O texto foi escrito em 1959 por Fanon com objetivo de divulgar suas observações a respeito do processo revolucionário em curso, e ao mesmo tempo, oferecer ao povo argelino e à comunidade internacional uma “contra-propaganda” aos meios de comunicação franceses.